Armada luso-italiana completa e no pódio no Estoril II

A Eni Aprilia Portugal Racing Team voltou a ter motivos para sorrir no Circuito do Estoril, ao ver a sua formação novamente completa com o regresso de Filipe Lourenço aos comandos da Aprilia RSV4, depois da sua ausência, e onde uma vez mais a equipa liderada pelo timoneiro Tiago Magalhães, foi novamente autora de bons resultados, com subidas ao pódio e sempre com dois pilotos dentro do 'TOP10', a alternarem posições entre si, em ambas as corridas da quarta prova do Campeonato Nacional de Velocidade 2019.

O dia começara novamente com um bom ritmo da parte de Magalhães, averbando o terceiro melhor tempo no 'Warm-Up' e dando fortes indicadores para a derradeira corrida do evento. O piloto de Lisboa manteve a sua progressão em pista ao longo da restante parte do fim-de-semana no Circuito do Estoril, sempre com o vento a ser um dos principais opositores dos pilotos, e subindo novamente ao pódio nas Superbike no terceiro lugar - posição que ocupa na tabela de pontos - após travar nova batalha com Pedro Nuno.

A moto #15 pilotada por João Diogo Silva, voltou a estar nos dez primeiros após as 15 voltas que compunham a segunda corrida, também destinada à classe maior do CNV Moto. João voltou a melhorar os seus registos ao longo dos 4.182 metros que compõem o traçado do Estoril, averbando um tempo promissor no 'Warm-Up' e deixando antever o bom ritmo de prova que poderia ser alcançado. A luta pela sétima posição viria a reflectir isso mesmo, mas limitações físicas na mão, não permitiram ir além do 10º lugar.

Filipe Lourenço #93 foi sem dúvida o destaque do fim-de-semana, ao regressar aos comandos da sua moto com uma prestação sólida e a entrar desde a primeira sessão no ritmo dos mais rápidos, numa altura em que ainda recupera das lesões sofridas no início da temporada. Depois da sua "reentrada" forte na atmosfera do pelotão do CNV Moto 2019, ao terminar na 10ª posição entre os 19 pilotos presentes na primeira corrida, o 12º lugar final na segunda corrida, limitado pela condição física, é um resultado positivo.

A Eni Aprilia Portugal Racing Team ocupa a terceira posição nos pontos de pilotos (SBK), equipas e construtores, havendo ainda muitos pontos em jogo nas duas jornadas em agenda até ao final da temporada 2019 do Campeonato Nacional de Velocidade. Com a formação finalmente completa, toda a equipa está preparada para melhorar ainda mais a sua posição nas tabelas já no dia 22 de Setembro, na penúltima prova do ano, novamente no Circuito do Estoril.

Toda a equipa expressa as mais sinceras condolências à família, equipa e amigos da piloto Filipa Gomes #77, deixando também uma mensagem de apoio aos organizadores da Copa Dunlop Motoval nesta hora difícil, em especial ao Motor Clube do Estoril e os seus comissários. A Copa desde sempre fez parte do ADN da nossa equipa.

Tiago Magalhães #19 "Este fim-de-semana não correu como esperava, estava confiante e motivado para melhorar os meus tempos e lutar pela vitória. Começámos os treinos livres e de qualificação sempre com bom ritmo, mas não foi fácil encontrar um bom 'setting' para os pneus Dunlop neste fim-de-semana, e os tempos teimaram em baixar.

Depois de conseguir a 'pole' depois de um erro da equipa do meu adversário, na primeira corrida arranquei bem mas a mudança radical de temperatura e o forte vento no final do dia, fez o meu pneu traseiro durar poucas voltas, sendo penalizados mais um vez pela falta de tempo em pista para testar as várias borrachas disponíveis, originando falta de informação técnica da Dunlop sobre o seu funcionamento.

Na segunda corrida sabíamos que tínhamos que alterar a estratégia e escolha do pneu traseiro. Arranquei novamente no grupo da frente e com um ritmo forte mas desta vez não foi o pneu traseiro a atraiçoar-me, mas sim o pneu dianteiro a desfazer-se. Em ambas as corridas perdi o ritmo e confiança, o ponto forte desta Aprilia RSV4 é a velocidade em curva e não podendo tirar partido disso, foram ambas corridas difíceis, não indo além da terceira posição.

João Diogo Silva #15 "Mais uma ronda do CNV Moto realizada! Na qualificação batalhámos para encontrar a afinação ideal e com o vento forte que se fez sentir, qualifiquei-me no 11º lugar da grelha. Na primeira corrida fiz um bom arranque e consegui andar na luta pelo sétimo lugar, mas uma saída de pista na curva 1 que me fez ir à gravilha, fez-me perder várias posições. Apesar de ter recuperado algumas, não fui além da 12º posição, com o pneu bastante degradado, o que acabou também por não ajudar nas últimas voltas.Quero agradecer a toda a equipa Eni Aprilia Portugal Racing Team, patrocinadores, amigos e família por todo apoio e motivação para continuarmos a trabalhar mais e melhor." No Domingo, no 'Warm-Up', conseguimos encontrar boas sensações na mota, tendo conseguido a melhor volta no 1:45,4 - com a volta ideal em 1:44,9. Tudo indicava que teríamos uma segunda corrida com melhor ritmo. Depois de novo bom arranque, consegui rodar com com o grupo na luta pelo sétimo lugar, mas comecei a cometer vários erros devido à dormência dos dedos na mão direita, acabando por baixar o ritmo. Acabei a corrida no 10º lugar.

Percebemos onde errámos e agora resta-nos aproveitar a pausa de Verão para continuar a treinar e trabalhar na resolução dos nossos erros, para voltarmos mais fortes. Obrigado à minha família, patrocinadores e equipa, pelo apoio incondicional!

Filipe Lourenço #93

"Após falhar duas provas, Sábado entrei em pista determinado em conseguir encontrar o melhor 'setting' e tentar aproveitar o máximo de voltas possíveis para voltar a andar num bom ritmo. Na qualificação aproveitámos para somar mais voltas ao traçado, para me sentir cada vez melhor na moto, mas infelizmente no final não consegui fazer uma volta ideal e acabámos a qualificação na 12ª posição, o que acabou por ser um bom resultado depois desta ausência das pistas.

Na primeira corrida, após um mau arranque, perdi algumas posições mas o objectivo era ganhar ritmo e foi assim que encarei a corrida. Acabei por passar alguns pilotos, mas na fase final o desgaste prematuro do pneu traseiro fez-me perder algum ritmo, ainda assim acabei no 10ºlugar! No 'Warm-up' de Domingo testámos algumas soluções na moto, que me fizeram ser mais rápido, batendo mesmo o meu recorde pessoal no Estoril. Mas, desde cedo percebi que existia alguma fadiga e dores, e que a segunda corrida iria ser bastante difícil.

Na segunda corrida, logo no arranque fui tocado por outro piloto, no lado esquerdo, o que me fez perder algumas posições. Apesar do susto, voltei a concentrar-me e na primeira parte da corrida entrei num ritmo mais rápido do que na corrida anterior. Embora o ritmo fosse bom, no final desta fase a fadiga e as dores estavam muito presentes e tive que baixar o ritmo até ao final, acabando a corrida na 12ª posição.

Os meus objectivos foram cumpridos, com bastantes voltas dadas ao circuito, levamos bastante informação para continuar o trabalho e voltar na próxima prova no Circuito do Estoril ainda mais fortes! Obrigado a toda equipa, família e patrocinadores."

Marco Machado - Director de Equipa

"Este foi um regresso ao Estoril positivo para toda a equipa, apesar das dificuldades que sentimos ao longo de todo o fim-de-semana. O regresso do Filipe era algo que esperávamos há algum tempo e finalmente teve a oportunidade de rodar - e bem - na sua moto, ainda que com algumas limitações físicas, com duas boas corridas. O João manteve o seu foco e continuou a desenvolver o seu trabalho na RSV4, melhorando os seus tempos e disputando também ele boas corridas, alternando as posições com o Filipe.

Quanto ao Tiago, fez o melhor que conseguiu com as claras limitações nos pneus, que acusaram novamente demasiado desgaste. Comprometeu seguramente uma melhor posição, pois revelámos ritmo e consistência para andar na frente das Superbike. Estamos a tentar perceber o porquê desta situação, pois as nossas motos caracteristicamente usam muita carga e apoio pela sua velocidade em curva, e os pneus têm sido algo em que não temos podido depender, pela sua durabilidade.

No global foi um fim-de-semana positivo, melhorámos os nossos tempos, aprendemos mais sobre as motos e estamos confiantes que estaremos certamente mais fortes na próxima vinda ao Estoril. Quero agradecer o empenho e aposta de todos os nossos patrocinadores e parceiros nesta temporada de Campeonato Nacional de Velocidade, que tem tudo para ser ainda melhor."

@ 2-9-2019 12:00:17


Mais