CNV Moto 2018: Final com corridas canceladas

A final do CNV Moto 2018 ficou marcada pelo temporal que se abateu sobre o Autódromo Fernanda Pires da Silva no Sábado e que se prolongou no Domingo, derradeiro dia da luta pelos títulos ainda por disputar.

Depois de um Sábado chuvoso e com a ameaça de continuação de clima adverso (tal como a previsão meteorológica antevia), Domingo trouxe-nos mais chuva e vento. Com as condições do traçado do Estoril a deteriorarem-se rapidamente, a Direcção de Corrida viu-se forçada a cancelar as actividades em pista logo após o início da sessão de Warm-Up da Copa Dunlop Motoval. Com este desfecho prematuro, o resultado das classes onde os pilotos da Eni Aprilia Portugal Racing Team competem teve um final privado de uma luta que se previa bastante acesa.

Após um ano marcado por várias quedas e lesões, os pilotos da ‘Armada Luso-Italiana’ fazem agora o balanço do 2.º ano de vida da equipa.

Na classe Superbike, Tiago Magalhães #19 sagrou-se Vice-Campeão Nacional de Superbike 2018, onde apesar de ter sofrido algumas quedas com lesões graves que forçaram o abandono e condicionaram as provas seguintes, conseguiu alcançar o degrau mais alto do pódio, assim como várias ‘pole-positions’ no decorrer da época. O resultado alcançado em 2018 é símbolo da determinação e resiliência do piloto de Cascais, que não baixou os braços mesmo quando a sorte estava em falta, e continuará a luta pela reconquista do título na categoria raínha do CNV Moto em 2019.

João Diogo Silva #15 fechou o ano com um balanço muito positivo, ano cujo objectivo era a adaptação e evolução aos comandos da sua Aprilia RSV4 RF. O crescendo no seu desempenho ao longo do ano foi notório, especialmente na sua prestação obtida na sessão de Qualificação 2 de hoje, onde foi protagonista do 3.º melhor parcial no 1.º sector. O piloto de Sesimbra está determinado em dar continuidade à sua evolução em 2019, ano que trabalhará para ameaçar os lugares cimeiros da classificação.

Filipe Lourenço #193 terminou 2018 com o 2.º lugar na Classe 2 da Copa Dunlop Motoval. Após o abandono devido a queda aquando da 3.ª volta na 1.ª manga neste Sábado, a derradeira luta pelo título ficou adiada para Domingo, mas o temporal que assolou o Circuito Estoril e que levou ao cancelamento das actividades em pista acabou por negar uma última batalha pelo desejado ceptro.

O piloto de Alenquer está agora motivado para o novo desafio que o espera, ao ingressar na classe Superbike do Campeonato Nacional de Velocidade 2019, ao lado dos seus colegas de equipa Tiago Magalhães e João Diogo Silva.

A Eni Aprilia Portugal Racing Team quer agradecer todo o apoio dos seus patrocinadores, parceiros, familiares, amigos e fãs pela força e motivação que transmitiram em 2018.

@ 12-11-2018 10:07:25


Mais